sexta-feira, 4 de novembro de 2011

França - Chartres


Entardecer em Chartres
   Aterrissamos no aeroporto Charles de Gaulle em Paris no meio da tarde com a intenção de pegar o pequeno Nissan Micra, alugado na Europcar, o mais rápido possível para chegar ainda com sol em Chartres e poder, assim, contemplar seus belos vitrais.

   A viagem que nos propusemos era de, em poucos dias - antes de um longo curso que Gabi iria começar na França - conhecer uma região peculiar deste país que certamente necessita de muito tempo (ou uma vida) para visitação completa. Depois de pensarmos muito, acabamos escolhendo a região da Bretanha – noroeste da França – por ser próximo a Paris (onde Gabi começaria a estudar) e possibilitar uma boa visão panorâmica do lugar no pouco tempo que tínhamos.

   Como dizia, partimos direto do aeroporto rumo à Chartres, cidade que fica a 90 Km de Paris e detém uma das mais belas catedrais do mundo. Seus vitrais são imbatíveis e sua silhueta reina soberana na cidade. Sua localização está em ponto estratégico para quem sai de Paris em direção ao Vale do Loire ou mesmo para a região de Bordeau ou, no nosso caso, a Bretanha.

A imponente Catedral de Chartres (em restauração)

   A tarde de outono ajudou a compensar o cansaço da viagem de avião durante a estrada e o trânsito intenso na saída da capital francesa.

Casa colorida em Chartres

   Enfim, chegamos a Chartres com a luz do sol já caindo e revelando tons de lilás e laranja no céu. Gabi entrou correndo na catedral para apreciar o que restava de luz filtrada pelas imensas rosáceas e vitrais enquanto eu armava o tripé para desfrutar desse momento mágico para a fotografia.
  
Cair do sol incrível na praça em frente a catedral 
   Infelizmente, a Catedral estava em restauração, o que nos impediu de visita-la por completo. No entanto, a sensação  de pequenez ao adentrar construções dessa magnitude continuou sendo arrebatadora. Vale muito a pena fazer uma parada para visitar essa verdadeira obra de arte do gótico medieval.

Detalhe do coro.
Parte da nave da imensa Catedral de Chartres

   Além da atração óbvia a cidade de Chartres tem um charme especial: centrinho bastante atrativo com lojinhas, padarias e bares ao alcance de qualquer visitante do templo. Aconselhamos esperar o anoitecer para contemplar a fonte iluminada na praça e poder contemplar a catedral acesa e onipresente.

A Catedral já de noite.


    Partimos então para um longo estirão até nossa próxima parada para dormir já na Bretanha, a cidadezinha de Vitré.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...